A Escola Profissional de Salvaterra de Magos (EPSM) foi o único estabelecimento escolar do país a ter tido três alunos a vencer a final nacional do concurso Jovem Talento da Gastronomia 2017.

A competição, que juntou nos passados dias 24 e 25 de outubro, no recinto do Festival Nacional de Gastronomia de Santarém, os melhores jovens talentos da gastronomia, viu Luís Feiteirinha, na categoria de Artes de Mesa; Catarina Rodrigues, na categoria de Cozinha com Legumes Bonduelle; e Miguel Pereira, na categoria de Bar Inter, a sagrarem-se os melhores de Portugal.

Recorde-se que esta foi a primeira vez que a EPSM conseguiu levar à final seis alunos. Nesta prova, com um desempenham igualmente notável, estiveram João Duarte (Petisco co Super Bock 1927), João Telles (Artes de Mesa) e Luís Carreira (Artes de Mesa).

Em 2015, a Escola Profissional de Salvaterra de Magos viu um dos seus alunos a sagrar-se o melhor do país na categoria de Barman Schweppes. Nesse ano, Diogo Lopes, hoje barman num dos melhores bares do mundo (Red Frog, Lisboa), superou todos os seus adversários.

Em 2016, vencem a final nacional mais dois alunos da EPSM. Nesse ano, subiram ao palco Jonatan Ribeiro, na categoria de barman, hoje a trabalharno hotel Room Mate Aitana, em Amsterdão; e Diogo Duarte (no Restaurante Alma, Lisboa), na categoria de Mesa bar.

A coordenadora do Curso de Restauração da escola recorda que “o concurso Jovem Talento da Gastronomia é uma partilha de conhecimentos entre chefes e concorrentes, é um espaço de avaliação de competências e técnicas”. A professora Tereza Pereira diz que “para a equipa do curso de restauração da EPSM, é um essencialmente um barómetro para sabermos que estamos no bom caminho”

"A EPSM aposta na formação técnica de profissionais, preparando-os para os maiores desafios da sua vida”, lembrou a diretora pedagógica da escola. A professora Sílvia Fernandes referiu que “o concurso JTG é um dos primeiros reconhecimentos públicos das suas carreiras, bem como da qualidade da formação ministrada pela escola aos seus alunos”. Para a responsável, “de ano para ano, temos elevado a fasquia, mas trabalhar no ensino profissional é o nosso desafio diário."

“É motivador ver os nossos jovens crescer pessoal e profissionalmente e saber que a escola desempenhou um papel importante", adiantou o diretor-geral da escola. Duarte Bernardo salientou "a importância da participação neste tipo de iniciativas para a preparação e motivação dos alunos, assegurando que é um enorme orgulho poder trabalhar com estes jovens!"

Os vencedores vão receber como prémio um estágio no Vila Vita Parc Resort, no Algarve.